Lusa: Cerca de 150 pessoas manifestam-se em Lisboa com apelo ao Governo para “resgatar o futuro”

Do grupo de ativistas da Greve Climática Estudantil, Bianca Castro, de 19 anos, estudante de física na Universidade de Lisboa, disse não ter dúvidas que as respostas do Governo são “insuficientes”.

“Precisamos de um Governo que responda não só a esta crise pandémica, mas também à crise climática, à crise económica e à crise social, que estão todas interligadas”, reivindicou Bianca Castro, defendendo que, para que se continuem a fazer ouvir, “a luta tem, efetivamente, de continuar a ser feita nas ruas, obviamente cumprindo todas as normas de segurança”.

“Estamos aqui para resgatar o futuro, ou seja, por uma economia que tenha a vida no centro e não o lucro no centro, que é o que temos neste momento, está tudo virado para o lucro e não para as pessoas e nós precisamos de uma economia e de uma sociedade que realmente responda às necessidades das pessoas”, afirmou a jovem, protestando em defesa do acesso a bens e serviços essenciais, nomeadamente alimentação, saúde e habitação.

Além da preocupação com o futuro, Bianca Castro referiu que a luta é já pelo presente, porque o que é necessário é “resgatar a vida”.


Lê a notícia completa, aqui.

Segue-nos nas redes sociais: